496

phalo2

pendurado por alto falantes 
o som elétrico mordeu-lhe as canelas 

sempre só
para melhor ver dançar a multidão 
que cativante…
os cabelos olharam 
e
em nenhum momento responderam
sim. pois sim
uma vez que a emoção 
a do filme-azul 
exigia o franzir de testas
para baixo-baixo… 
para baixo-baixo e rápido
sempre a cantar 
ao ouvido

estas dezoito linhas não fui eu que as disse (escrevi). estas dezoito linhas foram pronunciadas como um grito
e
com a indiferença de uma taça de vinho servido sem outras perguntas, sem problemas, sem nojo…

quem as disse?

sei pouco
apenas recordo uma figura presa às paredes da sala. uma dentadura velha que escorregou pela alvura vertical…

_______

in: “voar com as corujas” (em processo de edição)

exp-88

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s